segunda-feira, 13 de abril de 2009

palavras de BP

Disciplina
Num pequeno acampamento, muito pode ser feito pelo exemplo. O chefe vive no meio dos
rapazes e é observado por cada um deles, imitado inconscientemente por eles, e,
provavelmente, sem ser notado por si próprio.
Se o chefe for preguiçoso, eles serão preguiçosos; se fizer do asseio
um passatempo, também será o deles; se for hábil a inventar
acessórios de campo, eles tornar-se-ão inventores rivais, e por aí fora.
Mas, que o chefe não faça demasiado daquilo que deveriam ser os
próprios rapazes a fazer, antes crie as condições para que eles o
façam – “quando queres alguma coisa feita, não o faças por ti próprio”
é o lema certo.
Quando é necessário dar ordens, o segredo para obter
obediência é saberes exactamente o que queres que seja feito e
expressá-lo de forma muito simples e muito clara. Se, à ordem,
juntares uma explicação do motivo para que queres que aquilo seja
feito, então a tarefa será levada a cabo com muito mais disposição e
muito maior inteligência.
Se, à ordem e à explicação, juntares um sorriso, a tarefa será feita
com entusiasmo – porque, lembra-te, “um sorriso leva duas vezes
mais longe que um grunhido”.
Uma palmadinha nas costas é um estímulo mais forte do que uma
picada com uma agulha.
Cria grandes expectativas em relação aos teus rapazes e, em geral,
eles estarão à altura.

Setembro, 1911

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
Real Time Web Analytics